Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2007
“Le Code”

Estava aqui a tratar de alguns pormenores do Blog, e eis que me enchi de coragem para escrever um texto e fazer “post”. Uma vez que não sou de formação de letras, e não servindo isso como desculpa, quero deixar aqui o meu testemunho.
Após um fim-de-semana cheio de AIKIDO e de sensações novas, regresso à rotina atribulada do dia a dia.

Na passada sexta-feira, dia 23 de Fevereiro, num encontro com o Sensei Luc Deweys, 5º Dan Aikikai, presidente da Comissão Técnica da APARN, no dojo de Matosinhos, instalações Korpus, os presentes tiveram a oportunidade de praticar Aikido sob a sua orientação.

No dia seguinte alguns elementos da APARN, deslocaram-se a Sintra, para poderem praticar e comungarem da inspiração do Shihan Christian Tissier, nas instalações da TenChi. É precisamente neste item que surgiu a minha inspiração para escrever este texto, registando assim um momento que me marcou profundamente.

Antes do Estágio começar, e já com os praticantes em cima do Tatami, executando exercícios de aquecimento, e falando amenamente em grupos, eis que se houve dois poderosos bater de palmas das mãos, seguido de “à ses places” proferido pelo Sensei Stephan, e num instante, entenda-se instante como momento instantâneo, fez-se um silêncio ensurdecedor, e os diversos praticantes dispuseram-se segundo a regra de etiqueta. De tal forma que familiares e/ou meros espectadores presentes no exterior do Dojo, sofreram o contágio imediato. Arriscaria que é quase impossível imaginar correctamente o episódio, mas os presentes sabem ao que me refiro.
Como seria de esperar, e sendo o meu primeiro estágio com o Shihan Christian Tissier, foi sem duvida um AIKIDO acessível, se assim se pode dizer, pois pela proximidade com que se dirigia os presentes.

Um termo ficou no ouvido, entre muitas explicações cuidadosas, “Le Code” não hesitava na sua utilização.

Depois de três sessões, distribuídas por sábado de manhã e tarde, domingo de manhã, e com uma deslocação regida ao segundo, houve que rumar com destino ao Porto, para marcar presença na ESMAE para mais um estágio com Sensei Luc Deweys, como nosso responsável técnico, é sem duvida uma fonte de inspiração.

Não poderia deixar de referir até porque me tocou bastante, no final da sessão o Sensei proferiu o meu nome, para me apresentar a exame, e com o privilégio de escolher o UKE, obrigado Remmi, mais uma vez as minhas desculpas pela escolha, mas alguém teria de o ser :). Segundo o meu relógio biológico, os segundos pareciam horas. No final surge a boa noticia, passei no exame. Os meus sinceros agradecimentos ao Sensei Luc e ao Sensei Hugues Kesteman.
Com esta etapa, começaram novas responsabilidades e novas exigências.

Bom o texto já vai longo e não muito próprio de um Blog de Associação, mas sim de um Blog pessoal.


Saudações AIKI, Camilo Carneiro.
publicado por camilocarneiro às 01:12
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 4 de Março de 2007 às 18:29
Parabéns ao Camilo e ao Carneiro também.
1 abraço, Pedro & Pedro

Comentar post

.Utilizadores

Online

web metrics


Deixe a sua marca neste Blog, na forma de comentário, assinale a sua presença.

.Eventos
.Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.subscrever feeds
.arquivos

. Dezembro 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.DOJOS
. ESMAE - Porto
. Matosinhos
. Bragança
. Braga
. Famalicão
. Guimarães
. Vila Real
. Lamego